quarta-feira, 11 de agosto de 2010

:::Isso passa:::

Minha filha, hoje não tive nenhum ímpeto de falar de parto, dores, depressão ou dificuldades que eu sei, fazem parte dessa jornada materna.
Hoje me deu vontade de te falar coisas que vem tão do fundo do meu coração que tenho medo até de não conseguir exprimir em palavras, sabe??
Você está deitada aqui na minha frente, num edredon colorido e está balbuciando, sorrindo, tentando rolar, coisa que você ainda não sabe fazer mas instintivamente já tenta e vejo - você é puro instinto, pura tentativa, pura exploração diante desse mundão pro qual você escolheu vir e precisa conhecer, né??
Outro dia você estava dentro de mim, mostrando já lá o seu grande vigor e vontade de andar. Me chutava intensamente. E me diziam: aproveita pois vai passar. Aí, de repente, os 9 mêses se passaram bem rapidinho, diga-se de passagem, e como num passe de mágica você estava em meus braços, dormindo muito, chorando e mamando, mamando e mamando. Aí, de repente, você passou a dormir menos e sentir as famigeradas cólicas que tanto doeram e pode acreditar, doeram mais em mim e chorei um bocado junto com você. E você foi acordando, descobrindo que o mundo é colorido e barulhento. Descobriu a voz do seu pai e de como ele é importante pra você. Descobriu que a mamãe também estava te descobrindo e assim, nos encontramos, de repente, numa voz uníssona e consistente. E aí, de repente, as mesmas cólicas passaram e você resolveu que dormir é chato, afinal, esse mundo pro qual você veio é por demais interessante mas aí você também fica cansada, afinal você ainda é um bebezinho. E é teimosa, acredite!! Taurina, né meu amor?? E aí, assim como quem nada quer, você resolveu conversar comigo e eu quase desmaiei de alegria e espanto pelo imenso amor que só faz crescer dentro do meu coração. E aí veio o primeiro sorriso consciente e....sei lá, me faltam palavras...e agora, todo dia, quando você acorda do meu lado com esse cheirinho insuperável de Nina e me sorri esse sorriso banguela único meus dias simplesmente se transformam...minha alma retoma uma dimensão perfeita, inteira. E também como quem nada quer, você fará 3 mêses daqui a 3 dias e agora afirmo: tem que aproveitar mesmo porque o tempo passa. Nunca mais voltará o dia em que vi seu primeiro sorriso e o dia do seu primeiro passo ainda virá e por isso que digo: a maternidade me faz viver o aqui e agora. Tudo é urgente, único, passageiro. Há de se manter olhos e coração bem abertos. E esse tempo pequenino, bebezinho, dependente, simbiótico, onde somos uma só, passa. Ainda não passou, estamos vivenciando-o com extrema intensidade pois foi isso que escolhi. Escolhi o colo em tempo integral, escolhi a livre demanda, escolhi o sling, escolhi o acolhimento total e irrestrito, escolhi a dedicação absoluta, escolhi te escolher acima de tudo e de todos e sei, institivamente, com alma de loba, de que escolhi o caminho certo. Certo pra mim e pra você. E isso basta. E isso NÃO PASSA!! 

3 comentários:

  1. Sabrina, a Nina é LINDA!!! Ela tem o seu nariz e o seu olhar!
    Que texto lindo, parabéns!!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Lindo,maravilhoso e verdadeiro!
    Vc ás vezes consegue soltar umas idéias q ficam presas em mim, sem que eu consiga expressar...deve ser a tal da sincronicidade dando um alô novamente!rs
    Acho um tanto angustiante essa coisa do "Isso passa". Por um lado é bom pq as cólicas passam, as golfadas passam, as noites mal dormidas, acredite...passam! Mas as "primeiras vezes" tb se vão...e deixam saudades! Eu super entendo e te dou apoio incondicional nessa sua idéia de trabalhar em casa! Fiquei em casa com o Gabo até os 3 anos e não me arrependo nem um pouco! Eu vi o primeiro sorriso. A primeira vez q ele sentou, eu estava do lado dele. E o primeiro tombo, era eu q estava lá pra acariciar a cabeça q ele tinha batido. Tenho anotadas as palavras engraçadas que ele falava, escrevo um diário pra ele. Filmei e fotografei momentos únicos que não voltam! Quando ele andou pela primeira vez, eu estava lá. Não tem trabalho e dinheiro no mundo que pague isso! Pra mim e pra ele. Pq hj ele sabe que qdo ele cair, em qquer aspecto da vida, EU vou estar lá! Pq ele adora ver fotos e vídeos de qdo ele era bb, e eu me orgulho de ter esses registros, meus netos tb vão adorar ver!Enfim, ser mãe é dor e delícia mesmo. Todo dia vc perde a criança de ontem, mas vc ganha outra hj, é MUITO rápido e acompanhar todo esse processo é incrível!

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez eu fico sem palavras! Que tal escrever um livro?! Sério! Vc escreve muuuuuitíssimo bem, sabe se expressar e, acredite, escreve coisas que sentimos mas não sabemos escrever, colocar para fora!
    bjks em vcs

    ResponderExcluir